Blog

Fernando De Nadai comenta as atuais tendências do setor de franquias em alimentação
Fernando De Nadai Comenta as Atuais Tendências do Setor de Franquias em Alimentação
10 de dezembro de 2018
Ano Novo
Mensagem de Ano Novo
14 de dezembro de 2018

Franquias em Alimentação São as que Mais Faturam, Explica Fernando De Nadai

Franquias em alimentação são as que mais faturam, explica Fernando De Nadai

Segundo Fernando De Nadai, diretor executivo da D.King, o franchising brasileiro cresce, mesmo em momentos de crise econômica, conforme indicam os dados ABF (Associação Brasileira de Franchising), que afirma que no primeiro trimestre deste ano, a receita do setor registrou um crescimento nominal de 5,1% em relação ao mesmo período de 2017 e o faturamento passou de R$ 36,890 bilhões para R$ 38,762 bilhões.

E nesse cenário promissor, as franquias em alimentação ganham destaque, já que tiveram um crescimento de 6,6% em referência ao ano passado”.

Mas esse crescimento das franquias em alimentação não veio sem esforços. Além do aprofundamento do hábito do brasileiro de se alimentar fora de casa, ele se deve a alguns fatores, tais como o trabalho realizado pelas redes na inserção de novos produtos e novos cardápios, oferta de serviços diferenciados e ações de comunicação para atrair consumidores.

O faturamento das franquias em alimentação

Ainda segundo os dados da pesquisa da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Fernando De Nadai explica que somente no ano passado o segmento de alimentação teve um faturamento de mais R$ 42 bilhões de reais, enquanto outros segmentos, como entretenimento e lazer, tiveram um faturamento de apenas R$ 2 bilhões. Impressionante, não?

Assim, como se vê, investir em uma franquia em alimentação pode ser uma ótima ideia. E não precisa ser um grande investimento. Uma das fortes tendências do setor são os modelos de franquias mais baratos, como quiosques, food truck e containers que requerem um baixo valor para montagem e operação.

Fernando De Nadai explica onde é melhor investir

No entanto, Fernando De Nadai explica que, apesar do alto faturamento do setor, é preciso tomar cuidado na hora de escolher a sua franquia em alimentação para investir.

A maior parte do aumento do faturamento do setor de franquias em alimentação se deve ao crescimento da procura pela gastronomia baseada em culturas diferentes. E um ótimo exemplo disso é a culinária mexicana. Por isso, afirma Fernando De Nadai “investir em culinárias diferentes, fora da tradicional, como a comida japonesa, italiana ou americana, pode ser uma ótima opção e garantia de um rápido retorno.”

Outra boa alternativa para faturar alto é escolher franquias de alimentação saudável. Esse tipo de alimentação não para de crescer e tudo indica que é uma tendência que veio para ficar por muito tempo. Menus e pratos feitos com produtos naturais, orgânicos e lights vêm movimentando o setor no mundo inteiro e modificando hábitos alimentares.

O empreendedor pode ainda escolher investir fora dos grandes centros, afinal algumas praças já estão saturadas e no interior do país é possível encontrar pontos comerciais mais baratos e mão de obra com menor custo.

“Sem dúvida nenhuma existem muitas vantagens em abrir uma franquia em cidades pequenas e médias e várias redes estão expandindo rumo ao interior e incentivando os novos empreendedores a abrirem novas unidades nestas áreas com um público ávido por novidades.” Uma garantia de um investimento de sucesso, completa Fernando De Nadai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.